DATA CENTER

02_DATACENTER

A maioria dos Data Centers existentes foram criados utilizando uma abordagem descentralizada, com
tamanhos que muitas vezes não ultrapassam 180 m² e uma equipe de TI dedicada. Porém, esta realidade vem
se transformando por conta do rápido aumento global no consumo de dados e a necessidade de se atender
a essa demanda na mesma velocidade. Assim, presenciamos o surgimento dos mega Data Centers.

Os recursos de TI também se consolidam cada vez mais, uma vez que a eficiência operacional de todo o
data center está sob seu controle - simplificar e minimizar os pontos de falha, gerenciar a recuperação – além
de um gerenciamento de energia mais eficaz através de um baixo consumo de energia e geração de calor.

Outra revolução que estamos acompanhando é o uso impactante do Cloud Computing. Um aumento
simultâneo no consumo de dados, armazenamento, segurança e requisitos de hardware, em conjunto
com a redução nos custos mundiais de servidores e largura de banda, está impulsionando um crescimento
exponencial tanto na utilização quanto demanda por estes serviços.

2015-08-14_11-41-20

Significa que, o aumento do tráfego na rede e a nova era dos dispositivos IP (BYOD) estão obrigando
as empresas a investirem em infraestrutura. Aliás, o segmento de IaaS (Infrastructure as a Service ou
Infraestrutura como Serviço) é a área que mais cresce dentro do Cloud Computing. Segundo o Gartner, o IaaS
está projetado para alcançar uma taxa composta de crescimento anual de 41,3% até 2016.

Diante deste cenário, os requisitos tecnológicos dos sistemas de telecom de um Data Center são críticos
e além dos hardwares, o cabeamento precisa ser capaz de suportar as novas tecnologias e serviços futuros,
e não somente o cumprimento da demanda presente da rede.

1. Optar por uma solução que ofereça o melhor benefício a longo prazo pois a construção física de um
Data Center só se dá uma única vez;
2. Estudar antecipadamente as performances dos produtos, se os mesmos possuem certificações em
laboratórios independentes e a compatibilidade com os demais acessórios e equipamentos da rede;
3. Estar seguro de que a tecnologia selecionada está prevista na norma, para que esteja bem informado
em caso de mudanças nos parâmetros de desempenho.

2015-08-14_11-41-31

Confira as vantagens de contar com a qualidade da Furukawa na solução ITMAX para Data Center:

Alta Disponibilidade: Canais de comunicação testados em fábrica para garantir plena disponibilidade
e em diversas topologias, e comprovados através de laboratórios de terceira parte - o que reduz
quaisquer potenciais pontos de falha e minimiza os riscos de downtime.
• Modularidade: É possível ampliar redes ópticas sem a necessidade de fusões ópticas e com alta
densidade, reduzindo o tempo de instalação e a possibilidade de falhas de comunicações.
Performance: Sistemas que garantam uma transmissão com Zero Bit Error são primordiais - CAT.6,
CAT.6A - e Links Ópticos que atendam 10 G e as tendências de migrações futuras em 40/100 Gbps.
• Gerenciamento de Camada Física: Este sistema garante a atualização automática da documentação
nas áreas de cross-conexões de rede, também facilita a localização física dos dispositivos conectados
na rede, tornando a gestão de infraestrutura mais ágil e segura.
• Segurança: Através da implementação de um sistema de gerenciamento de camada física é possível
administrar o ponto físico da rede e mapeá-lo em uma plataforma de software, de forma que o Gestor
de TI possa ter certeza do que está interconectado. Qualquer movimentação não autorizada nos patch
panels e/ou distribuidores ópticos irão gerar alarmes, assim a equipe de TI consegue identificar as
falhas instantaneamente.
• Alta Densidade: Soluções que permitam ampliações de atendimento às demandas futuras - de forma
ágil e que não comprometam o desempenho dos canais de comunicação - sem a necessidade de
expansão física, valorizando o metro quadrado do Data Center.
• Eficiência Operacional: Uma infraestrutura de cabling projetada para tirar o máximo proveito do
projeto civil, dos sistemas de refrigeração e de energia (racks abertos, acessórios de cabling adequados
para lay-out - corredores quentes e frios, etc).


2015-08-14_11-41-09

Vídeos

  • 2782
  • 2783